A Ucrânia vai proibir voos em seu território para 14 companhias aéreas da Rússia e da Síria.

0 1.017

De acordo com a Reuters, a Ucrânia vai proibir voos em seu território para 14 companhias aéreas da Rússia e da Síria. Este bloqueio será pelos próximos três anos, disse o representante do Governo de Kiev nesta quarta-feira.

Um projeto de resolução aprovado pelo gabinete proíbe "trânsito de recursos, voos e transporte" pelas 14 companhias aéreas. Este projeto deve ser aprovado pelo Conselho de Segurança Nacional da Ucrânia, chefiado pelo presidente Volodymyr Zelenskiy, para entrar em vigor.

"As transportadoras aéreas da Federação Russa violam sistematicamente o procedimento de utilização do espaço aéreo da Ucrânia", disse o governo em um comunicado. "As violações consistem em voos na área proibida do território temporariamente ocupado da República Autônoma da Crimeia."

As companhias aéreas russas não têm acesso ao espaço aéreo ucraniano desde 2015.

Centenas de entidades, empresários e políticos russos foram sancionados por Kiev desde que o vizinho gigante da Ucrânia anexou a península da Crimeia. As companhias aéreas russas, incluindo Aeroflot e Transaero, não têm acesso ao espaço aéreo ucraniano desde 2015.

Outras companhias aéreas da Rússia, incluídas na lista: S7 Airlines, Bobeda, IrAero, KrasAvia, Komiaviatrans, Azimuth Airlines, Tulpar Air, Vologda Aviation, Aerolimousine ou Simargl Air.

A Ucrânia também acusou a Rússia de enviar armas e tropas para ajudar os separatistas pró-Moscou no leste do país, em um conflito que matou quase 14.000 pessoas desde abril de 2014. A Rússia nega envolvimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.