O terceiro transporte com equipamentos médicos de Seul chegará a Bucareste. Voo operado pela Boeing C-3 Globemaster III.

0 1.131

O Ministério da Defesa Nacional solicitou à Unidade de Transporte Estratégico Multinacional, que opera na Base Aérea do Papa na Hungria, que realizasse uma nova missão aérea de emergência, para o transporte de 45 toneladas adicionais de equipamentos de proteção médica de Seul a Bucareste.

A missão de vôo, cujos custos são cobertos pelos Estados Unidos em apoio ao governo da Romênia, é realizada com uma aeronave C-17 Globemaster III.

O terceiro transporte com equipamentos médicos de Seul chegará a Bucareste

Os equipamentos, consistindo em aproximadamente 100.000 roupas de proteção, foram adquiridos pelo estado romeno por meio do Escritório Nacional de Compras Centralizadas e da Inspecção Geral de Situações de Emergência, nos esforços para combater os efeitos da pandemia de COVID-19 em nosso país.

Este é o terceiro vôo solicitado pelo Ministério da Defesa Nacional com aeronaves C-17 Globemaster III, e o uso dessa capacidade, que é explorada em conjunto pela OTAN e pelos países parceiros, para missões de emergência no contexto de gerenciamento da pandemia de coronavírus, foi uma estreia na Unidade de Transporte Estratégico Multinacional.

Boeing C-17 Globemaster III

A distribuição dos equipamentos de proteção será realizada por meio de transporte fornecido pelo IGSU e, com o apoio das inspeções do condado para emergências, eles serão distribuídos e alocados, de acordo com as necessidades, ao pessoal médico e às equipes operacionais localizadas no solo.

A coordenação do vôo foi realizada, na Romênia, pelo Centro Nacional de Comando Militar da MApN. A aeronave pousará no aeroporto de Otopeni na noite de 7 a 8 de abril.

A Romênia assinou em 2008, como membro fundador, o Memorando de Entendimento para o estabelecimento da Unidade Estratégica de Transporte Multinacional, que atualmente inclui, juntamente com o nosso país, nove outros países da OTAN - Bulgária, Estônia, Lituânia, Holanda, Noruega, Polônia, Eslovênia, EUA e Hungria, e dois Estados Membros da Parceria de Paz: Finlândia e Suécia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.