Mais de 17 passageiros afetados pela greve dos pilotos da RYANAIR na Bélgica!

0 254

pilotos Ryanair da Bélgica organizou uma segunda greve de fim de semana, que levou ao cancelamento de cerca de 100 voos, entre 29 e 30 de julho de 2023, o que afetou 17.000 passageiros que tinha voos de e para Bruxelas Charleroi .

Após uma primeira greve, ocorrida entre 15 e 16 de julho de 2023 (que levou ao cancelamento de quase 120 voos e afetou quase 20.000 passageiros), os sindicatos que representam os pilotos na Bélgica voltaram a fazer greve no sábado, 29 de julho e no domingo, 30 de julho de 2023.

Também a pedido dos sindicatos ACV Puls e CNE, que critica a administração da Ryanair por não querer respeitar o acordo coletivo de trabalho que prevê um determinado número de dias de descanso "em troca de reduções salariais de cerca de 20% que remontam à época da pandemia de COVID-19 crise". 

Este último movimento, que não envolvia operações no aeroporto de Bruxelas-Zaventem, resultou no cancelamento do 96 cancelamentos de voos de/para Charleroi, das quais 50 no sábado e 46 no domingo. Segundo o aeroporto de Charleroi, cerca de 28% do tráfego previsto para estes dois dias foi afetado pela greve.

Os sindicatos dos pilotos anunciaram que continuarão em greve em agosto, setembro ou outubro até que suas demandas sejam resolvidas. Os pilotos exigem o retorno ao salário-base pré-pandemia e o cumprimento do horário de descanso. Os salários dos pilotos são atualmente cerca de 20% mais baixos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.