A nova companhia aérea italiana - ITA (nova Alitalia) - recebeu o Certificado de Operador Aéreo (AOC)

0 1.173

O sucessor da Alitalia, Italia Trasporto Aereo (ITA), recebeu permissão para iniciar o vôo depois que o ENAC concedeu o Certificado de Operador Aéreo (AOC) à nova transportadora.

Italiaigi Di Palma afirmou que “a esperança é que a nova operadora nacional a desempenhar um papel na retoma do sector, dando um contributo significativo para a superação das dificuldades provocadas pela crise pandémica. ”

Desde a falência da Alitalia em 2017, a transportadora tenta retornar à linha d'água, primeiro quando a Itália buscou um comprador para a companhia aérea, depois após sua nacionalização - no início da pandemia COVID-19. Por fim, recebeu a aprovação do relançamento no início deste ano, após atender aos critérios de "descontinuidade econômica".

A ITA (nova Alitalia) recebeu o Certificado de Operador Aéreo (AOC).

Em um plano de negócios traçado em julho, o ITA afirmou que começará a operar voos - oficialmente - em 15 de outubro, com uma frota de 52 aeronaves. Adaptável plano de negócios 2021-2025, a frota do ITA aumentará para 78 aeronaves até 2022 e 105 até o final de 2025.

A Alitalia está em concordata desde 2017, sem encontrar investidor. A Itália teve de bombear centenas de milhões de euros para manter a empresa no mercado, dinheiro que nunca foi devolvido e que a Comissão Europeia está a investigar se se tratava de um auxílio estatal, embora ainda não tenha decidido nada.

Além disso, a Alitalia recebeu aproximadamente desde o ano passado 300 milhões de euros em ajuda a empresas afetadas pela pandemia do coronavírus, com a aprovação de Bruxelas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.